A Dança

Há movimento, há graça e há leveza.
Há nos passos da dançarina uma beleza,
que constrói o mundo em harmonia e em canção.

Em gestos leves, em jogo de corpo e em melodia,
a vida passa enquanto a dançarina cria
mundos inteiros no pequeno espaço de um salão.

Pois há na dança uma força intensa e uma magia,
uma pureza que a natureza envia
na sensualidade de corpos em agitação.

A dança é a arte que transforma,
é a evolução mais delicada das formas,
que faz do mundo um momento único de paixão.

Leonardo Schabbach