5 maneiras de melhorar sua memória

Ultimamente tenho recebido muitos e-mails de bailarinos que querem melhorar seu rendimento no palco ou em sala de aula. Mas no último ano me deparei com alguns pedidos de ajuda que não recebia antes. Este pedido é: não conseguir memorizar movimentos ou técnicas em sala de aula. Percebi que é uma questão de praticamente todos os bailarinos. Em algum momento todos já tinham reclamado de dificuldade para memorizar. Vejamos então algumas dicas para modificar este quadro.


1 – Dormir melhor
A quantidade e qualidade do sono estão diretamente relacionadas a memória. A conta é simples: sem dormir bem seu cérebro não funciona bem e sua memória fica prejudicada! Uma forma de realmente fazer isso é diminuir os estímulos uma hora antes de dormir (tchau celular!).

2 – Se alimentar bem
Uma boa alimentação auxilia nas funções neuroquímicas. Portanto, se você acredita que se alimentar bem é só questão de emagrecer você está enganado! Sua saúde geral está relacionada a uma boa alimentação: memória, emoções, pensamentos, etc. Todo o nosso corpo está conectado. Não é mais possível pensar nele em esferas separadas.

 3 – Melhorar a atenção
A memória existe graças a atenção. Simples: sem a atenção não existe informação para armazenar na memória. Portanto, muitas vezes um caso de falta de memória é na verdade dificuldade de atenção. A atenção nada mais é que a percepção de estímulos internos – pensamentos, emoções, sensações, etc. - ou externos – objetos, palavras, pessoas, etc. Para conseguirmos ter uma atenção melhor existem algumas estratégias, como o “gatilho”.

4 – Usar um gatilho
Um gatilho é um estímulo neutro usado para você executar uma ação. Vou explicar melhor. Um estímulo neutro pode ser estalar os dedos, fazer algum movimento com o corpo, pensar uma frase específica, etc. Este estímulo neutro funciona como um lembrete para você executar uma ação imediata, como, por exemplo, prestar atenção. Então quando percebermos que estamos dispersando a atenção podemos utilizar este gatilho para executar a ação de prestar atenção. É algo utilizado muito por atletas de alto rendimento e pode também ser usado por bailarinos de todo o Brasil!

5 – Diminuir estímulos diversos
A que você gostaria de prestar atenção? A aula? Ao professor? Ao ensinamento? Pois bem! Para isso é necessário diminuir todos os outros estímulos. Mas quais seriam eles? São quaisquer estímulos que tirem sua atenção do seu foco principal – a aula. Portanto, deixe seu celular fora de vista, fique em uma posição mais isolada em sala de aula, não vá para a aula com fome, resolva problemas que podem estar te preocupando antes da aula começar e utilize roupas que não vão incomodá-lo durante a aula (pausa para “ajeitar” também dispersa sua atenção!).

Maria Cristina Lopes | Psicóloga da dança | CRP5/47829

www.mariacristinalopes.com | 21 993053432 | mariacristinalopes@gmail.com