A evolução do mundo e do ballet - Por Simone Duarte

Estudando sobre a história do ballet, enquanto escrevia a introdução de meu segundo livro, encontrei um fato curioso: uma sapatilha de ponta fabricada nos Estados Unidos pela Chicago Theatrical Shoe Company, no início do século passado, que possuía uma ponteira de metal! Vale a comparação com as sapatilhas de ponta utilizadas hoje, projetadas com alta tecnologia.

Exibindo Sapatilha Chicago 1.jpg
Sapatilha de ponta fabricada nos Estados Unidos pela Chicago Theatrical Shoe Company
Exibindo Sapatilha 2016.jpg
sapatilhas de ponta utilizadas hoje



Em outras áreas da cultura as mudanças também foram drásticas. A forma de produzir e difundir a música mudou completamente nos últimos tempos, inclusive a língua portuguesa passou por alterações que vão desde a forma de falar... até a modificação na grafia de várias palavras.

Mudanças sempre foram motivo de muita polêmica e ainda são.

Mas a vida das crianças também mudou! Atualmente as crianças assimilam o conhecimento de uma maneira diferente, pois têm acesso a informações e possibilidades que nenhuma outra geração teve, ou seja, respondem de forma diferente para cada tipo de estímulo, seja visual, auditivo ou cinestésico.

Escrevo este texto para sugerir um debate propositivo sobre o ensino do ballet para crianças:

A qualidade das aulas de ballet que está sendo ensinada atualmente, é para crianças “de hoje” ou do “século passado”?

Do total de crianças que ingressam nas aulas, a maioria permanece por vários anos ou desiste do ballet?


Como está a qualificação dos profissionais que trabalham com o ballet infantil atualmente? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico