Dica para Professores (as) de Ballet - Preparando suas PRÓPRIAS aulas

Começo de ano e tenho recebido alguns e-mails e mensagens pedindo ajuda sobre planejar as aulas. Aí eu respondo que aqui no Blog tem muitas das minhas dicas todas reunidas. E olha que não é pouco material que tem aqui. Mas fico impressionada com a falta de preparo desses professores. Cheguei a ler um comentário "as informações que acho na Internet são muito superficiais, preciso de mais coisas". Hei, pera aí! Dar aulas, prepará-las, planejá-las é uma tarefa difícil sim e é uma das funções de um professor de dança!!!

A aula
"Do ponto de vista prático, uma boa aula é um cruzamento de quatro linhas de força. A primeira diz respeito a você. A segunda é o conteúdo em si. A terceira está nas condições externas (ambiente, barulho externo, iluminação, calor, conforto da sala etc.). A quarta e mais importante diz respeito aos alunos" (Texto: Editora Contexto).




Selecionei algumas dicas para ajudar professores e professoras a prepararem suas PRÓPRIAS aulas! Como diriam meus pais "não é dar o peixe, é ensinar a pescar". Uma aula não pode ser fundamentada somente em ideias dos outros que estão em Blogs...

Um professor, se quer ser profissional, pode sim buscar ajuda, mas deve ter bagagem e formação para dar aulas. Deve criar seus próprios conteúdos, usar sua própria criatividade, perceber a sua turma, as suas condições, os níveis; fazer cursos, comprar e ler livros e juntar tudo isso com a pesquisa que fez na Internet e ter suas próprias aulas.

E digo mais: não deve fazer isso uma única vez por ano!

DICAS PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS DE AULAS

1) Ordene as aulas e prepare-se

A ordem das aulas precisam fazer sentido considerando um objetivo e o nível das turmas. Você deve estar preparado para mudanças nesses planos, pois nem sempre vai dar para fazer o que a gente imagina e pronto também para responder perguntas, fazer explicações dentro do que você proprôs para suas aulas.

2) Trace objetivos. 

O que os alunos deverão ser capazes de fazer ao final de um determinado período?

3) Perceba níveis

O que os alunos já sabem fazer? Como aprimorar? Se a turma não era sua, antes mesmo de começar a ensinar coisas novas, procure saber o que os seus alunos já sabem.

4) Desperte interesse nos alunos

Propor pesquisas acerca dos exercícios trabalhados em aula, sugerir que assistam vídeos, contar para eles seus objetivos para eles, colocar um festival ou um espetáculo como meta para irem se apresentar, fazer atividades complementares às aulas normais, aproveitar datas para ter aulas sazonais, são algumas estratégias para despertar e manter o interesse deles pelas aulas.

5) Planeje

É fundamental que você pense como vai dividir suas aulas e de que maneira vai dá-las.

6) Monte as aulas

Principalmente se for algo novo, monte elas antes de sair dando aula na hora. Coreografar as aulas é uma tarefa difícil, mas importantíssima.

7) Escolhas músicas

Ao montar suas aulas, escolha músicas que ajudem você com elas. Alguns exercícios você pode montar em cima de determinadas músicas.

Critérios a serem levados em consideração:

- O tipo de aula
- A experiência da turma
- As condições do espaço de trabalho
- A duração da aula
- A temperatura da sala
- A quantidade de aulas que a turma tem por semana
- A idade dos alunos

Pensando melhor na preparação de uma aula

ESTRUTURA DA AULA

Uma aula de Ballet pode ser dividida em fases:

- Atividades Preparatórias
Aquecimento, movimentos de fortalecimento, pequenos alongamentos

- Treino
Aula em si, barra, centro, diagonal - Trabalho técnico; consciência corporal, aumento das aptidões; promover a qualidade e variedade de movimentos.
É bom existir repetição desde que fundamentada, para não cansar a turma ou perder tempo.

- Conclusão
Finalização da aula, pode ter composições coreográficas, relaxamento ou agradecimentos

GESTÃO DE TEMPO

Uma aula de ballet clássico, tradicional, deve ser dividida entre: aquecimento | barra | centro | diagonal.
Pensando nisso você vai distribuir o tempo entre os exercícios.
Claro que tudo vai depender da quantidade de minutos que tem a sua aula.
Normalmente, elas têm de 45 minutos até 1h30.


Considerando que o gráfico tem 100% dos seus minutos, resolvi dividir em porcentagem, assim fica mais fácil de administrar, independente dos minutos da sua aula. Basta você fazer o cálculo da porcentagem.

Cabe a cada professor estruturar sua aula diante de suas condições (quantas vezes por semana dá aulas, se precisa ou não ensaiar durante as aulas, se quer dar uma aula específica, focada em algum tipo de exercício, se a sala de aula cabem grupos grandes ou pequenos) e elas precisam ser levadas em consideração.

AULAS TEMÁTICAS

Escolher um tema, uma ideia, um movimento ou um grupo de movimentos para trabalhar e desenvolver a partir dessa ideia, objetivos que irão guiar o resto do desenvolvimento da aula, com atividades que levarão à concretização desses objetivos.

Exemplos:

- Preparação para giros
- Aulas voltadas para saltos
- Alongamento/ abertura
- Estímulo de musicalidade
- Direcionando para valsas
- Pas de deux
- Inspirada em algum ballet de repertório
- Usando datas sazonais (dia das mães, páscoa)
- Enfatizar determinada parte do corpo

SÉRIE DE AULAS

Você pode criar uma série de aulas diferentes, mas com o mesmo tema ou mesmo objetivo.

AVALIANDO SUAS PRÓPRIAS AULAS

Ao longo do processo é necessário perceber se está dando certo, se o objetivo está sendo alcançados, se os resultados estão dentro do esperado quando começou a organizar.

Podemos nos reger pelas seguintes perguntas:
- A turma desfrutou a aula?
- A turma achou a aula agradável e acabou com um sentimento de alegria?
- Os exercícios foram apropriados?
- A música foi adequada à aula?

Caso alguma resposta seja não, o professor deverá ser capaz de planear a próxima aula de acordo com a avaliação.

Acho que é isso:
Não é fácil começar. Seria muito mais fácil e cômodo encontrar tudo mastigado, mas não pode ser assim.
Acredito que no meu Blog e em tantos outros tenham muitas dicas legais, bastante material mesmo que a gente compartilha e essa é a intenção, ajudar as pessoas, sejam alunos ou professores, masssssss se a pessoa está tão perdida, ela deve perceber que não talvez não tenha condições de dar essas aulas.

Referência:
https://sites.google.com/site/lucilaportugal/novidades/escoladedancaopenfloor-mirandela/escola-de-danca-open-floor/bodyfusion/os-beneficios-da-danca/nocoes-e-planeamento-de-danca-criativa