3 Destaques do Ballet O Corsário

Estava aqui pensando no ballet O Corsário para fazer um post da parte que eu mais gostava, aí comecei a pensar e quando parei já estava com 3 partes na cabeça! haha Como achei que todos os trechos da lista eram igualmente importantes resolvi criar o post então com os 3 Destaques da obra.



Começando com o Pas de Deux da Escrava e o Mercador

Retirado do ballet A Rosa, a Violeta e a Borboleta (de 1857), em 1858, Petipa o incluiu, no I Ato de O Corsário. O Pas d'Esclave de Petipa era um Pas d'Action dramático para três bailarinos. Quando Agrippina Vaganova criou sua versão de Le Corsaire em 1931, colocou a personagem Gulnare no papel da escrava, e retirou o personagem escravo masculino, transformando em um pas de deux, que ficou popularmente conhecido como A Escrava e o Mercador.

Eu acho uma das músicas mais lindas da história do ballet clássico!

Vamos assistir uma versão com Zakharova and Zelensky:



Segundo destaque Pas de Trois das Odaliscas

No Ato II, um pas de trois clássico, com entrée (mantendo a valsa original criada por Adam para o pas), 3 variações e coda. Normalmente as bailarinas são escolhidas por terem habilidades específicas relacionadas às coreografias já que nas variações, uma bailarina trabalha mais pernas e sustentações, a outra baterias e a outra giros.


Terceiro destaque O Jardim Animado

A cena hoje conhecida como Jardin Animé, era o Grand Pas do ballet e se chamava Pas des Fleurs. Petipa transformou a cena em um corpo de ballet com vários movimentos e duas variações (uma de Medora, outra de Gulnare). 

Comentários