Movimentos de ballet

A maioria dos movimentos comuns no ballet clássico é de variações de algumas categorias básicas. São movimentos padronizados para facilitar o desenvolvimento e a formação de bailarinos.


Giros





















O balé tem muitas formas de giros, que servem para mostrar o poder de equilíbrio do dançarino e para exibir o corpo em todos os ângulos. Bailarinos muito experientes podem executar giros com várias rotações. O aterrissar de um giro impressionante deve ser controlado e deliberado. Dançarinas avançadas executam giros em sapatilhas de ponta, o sapato de dança especializado que permite a bailarinas equilibrarem na ponta dos dedos do pé. Bailarinas podem executar mais voltas na ponta quando apoiadas por um parceiro masculino do que ao performar um solo. A capacidade de completar mais de três rotações em um turno é considerada uma façanha muito avançada. Bailarinos de nível profissional podem completar mais de sete rotações em um único giro.

LEIA MAIS SOBRE GIROS NESTE LINK: http://mundobailarinistico.blogspot.com.br/2013/09/girando-no-ballet.html

Pulos e saltos





















Enquanto saltos em balé são difíceis de executar, dançarinos bem treinados fazem com que pareçam fáceis
Em geral, um salto viaja, enquanto um pulo aterrissa no mesmo lugar de onde o dançarino decolou. É importante para os bailarinos dobrarem os joelhos enquanto se preparam para deixar o solo e também quando aterrissam, para atingir uma posição mais elevada no ar e para evitar lesões. O objetivo do salto ou do pulo é criar a ilusão de leveza e a ideia de que o dançarino desafiou a gravidade. Quanto mais alto o dançarino voar, mais impressionante o feito. O pouso deve ser suave e controlado, para manter a imagem de graça e facilidade.

LEIA MAIS SOBRE SALTOS NESTES LINKS:
http://mundobailarinistico.blogspot.com.br/2013/07/como-saltar-no-ballet.html

http://mundobailarinistico.blogspot.com/2013/09/saltando-no-ballet.html

Extensões





















Balé requer extrema flexibilidade.
Dançarinos alongam regularmente e realizam exercícios específicos para alongar os músculos e se prepararem para os movimentos e poses que exigem membros fortes, mas flexíveis. Bailarinos podem demonstrar força, equilíbrio e flexibilidade estendendo uma perna para a frente, de lado ou de trás do corpo, em uma longa linha reta. Dançarinas podem fazer isso durante um solo ou como parte de um "pas de deux", que é uma dança em dupla realizada por bailarinos homens e mulheres em papéis principais.

DICAS PARA ALONGAMENTO NESTE LINK: http://mundobailarinistico.blogspot.com.br/search/label/ALONGAMENTO

Passos de deslocamento




















Muitas das etapas de transição no balé que vão unir esses outros movimentos mais impressionantes são baseadas em valsas. O momento 1-2-3 da valsa complementa a música clássica mais comumente utilizada em coreografias de balé. Outros movimentos que ligam passos maiores são "corridas de balé" e "passeios de balé", que são métodos estilizados de deslocar ou para preparar-se para um salto, mantendo a graça de uma bailarina.

VEJA O LINK SOBRE OS PASSOS DE CONEXÃO
http://mundobailarinistico.blogspot.com.br/2013/10/passos-conexoes.html


Comentários