Como se preparar para uma apresentação

É preciso muita preparação antes de uma apresentação mas sempre compensa no final, quando você está dançando no palco e finalmente mostrando tudo que você trabalhou duro para conseguir fazer.  É por isso que você precisa para se preparar corretamente!

Ballet - Check List Bailarinístico

O que levar para uma apresentação
Procure não levar coisas desnecessárias, mas é importante lembrar de tudo que pode precisar. Fiz um Check List Bailarinístico para ajudar vocês a se organizarem.

Se vale a dica, eu costumo pensar "dos pés à cabeça". Vou pensando: "O que vou usar no pé?" e aí vou "subindo", assim tento não esquecer de nada.

Por que não assistir as apresentações anteriores a sua - Por Maria Cristina Lopes

É unânime: em contexto de festivais e competições todos querem assistir as apresentações anteriores a sua. Bailarinos buscam assistir, em especial, a apresentações de colegas ou às imediatamente anteriores que, em geral, são referentes a coreografias da mesma categoria.

Este é um dos comportamentos que mais dificultam o bailarino de alcançar maiores resultados. Simplesmente por que quando nossa atenção está voltada para estímulos diversos deixamos de nos focar em nossa própria regulação emocional e fisiológica. Desta forma, prejudicamos de graça o nosso desempenho.

Dicas para controlar a ansiedade antes de espetáculos

Meses de ensaios ajudarão a ficarmos confiantes para pisarmos no palco, mas não tira a pressão e ansiedade de antes do espetáculo e do momento em que estamos dançando.
A preparação adequada é essencial para manter a calma.
Seguem algumas dicas para ajudar a manter os nervos sob controle para que você possa se concentrar no que realmente importa: a dança.

Como Superar o Medo de Palco

A verdade mesmo é que até o bailarino mais confiante pode sofrer do medinho do palco. Essa sensação é comum para todos. Mas esse medo não pode dominar você... Se você sente nervosismo e fica apavorado(a) só se pensar em se apresentar para uma plateia, você sofre de medo de palco. Mas não se preocupe - dá para superar treinando seu corpo e mente para relaxar. Relacionei alguma dicas:

A magia de estar no palco

Só quem faz algum tipo de arte em que temos o palco como lugar para mostrarmos a nosso trabalho entende a delícia que estar nele. Tanto nervosismo, ansiedade para sentirmos aquela sensação que por alguns minutos parece ser a melhor da nossa vida. E é, até chegar o próximo dia em que vamos subir no palco e vamos viver tudo aquilo de novo.

Não há explicação. É incrível. 

Dicas de Ballet - Como melhorar sua presença de palco

Se você está no palco tenha a certeza de que o  público irá sentir a sua energia,  independentemente do papel que você está dançando. Você precisa definir como quer ser vista no palco. Costumo dizer que quanto mais vergonha a gente tem, mais vergonha a gente faça. Confira essas dicas sobre como melhorar a sua presença de palco e tente fazer o seu melhor!

Ballet adulto - Comece sem medo

Esses dias uma aluna nova, adulta, que nunca fez ballet antes, entrou nas aulas e duas coisas me chamaram a atenção e me fizeram vir escrever esse post.


Dicas para professores de Ballet Infantil

O que não pode nos faltar é respeito, carinho e criatividade com as crianças. Toda dica é válida para aprimorar nosso trabalho. Sempre!

Você no Mundo Bailarinístico - Giovana Inácio dos Santos

Hoje é dia de conhecermos a história da Giovana. Uma linda! Conheci ela no Workshop para Ballet Adulto no Ballet Adulto KR e ela teve a generosidade de dividir a história dela com a gente aqui. Inspirem-se!

Aulas de Ballet - Distribuindo o tempo entre as partes da aula

Olá! Hoje vou dar dicas de como deve distribuir o tempo na sua aula de ballet. Começarei lembrando que uma aula de ballet clássico, tradicional, deve ser dividida entre: aquecimento | barra | centro | diagonal.

Alongamento no Ballet - Na barra


Quem aí não usa a barra para se alongar?

A barra é nossa aliada! Mas cuidado para se machucar, fazendo exercícios de forma errada.
Algumas dicas de como alongar corretamente os músculos na barra ;)

Entrevista Exclusiva - Larissa Luna

Dia da Bailarina merece Larissa Luna! Formada pelo método Vaganova na Escola Técnica de Dança Adriana Assaf. Estudou na Escola Bolshoi do Brasil. Participou de diversos Festivais de Dança nacionais e internacionais, como Youth America Grand Prix (2012 e 2014) e Prix de Lausanne (2012). Em 2015 ganhou o prêmio de melhor bailarina no Festival Internacional de Goiás e foi finalista na audição da cia do Opera National de Paris. Neste ano (2016) foi premiada com segundo lugar, com a variação de Cisne Negro, no Tanzolymp em Berlim, e com o primeiro lugar e o prêmio de melhor bailarina, com o grand pas de deux O Talismã, no Festival de Dança de Joinville. Atualmente é primeira bailarina da Cia Paulista de Dança dançando como principal diversos ballets, tais como O Quebra Nozes, Bela Adormecida, Giselle, O Corsário, Lago dos Cisnes, La Bayadere e Don Quixote, a Larissa respondeu gentilmente as perguntas do Mundo Bailarinístico deixando o dia da bailarina por aqui ainda mais especial!

Você no Mundo Bailarinístico - Thalía Oliveira

A Thalía Oliveira enviou a história dela ao Blog, para enviar a sua escreva para mundobailarinistico@gmail.com - estou esperando ;)

Baby Class - Recompensas em Aula... Devo Dar?

Uma vez vi algumas professoras falando um pouco sobre crianças que eram um pouco "difíceis" na aula, e para conseguir controlá-las, o método que utilizavam era levar doces ou presentes para cada fim de aula, assim incentivando a criança a se comportar.

Espelho, espelho nosso! Por Janaína Barros

Segundo estudos, os primeiros espelhos manufaturados, surgiram em Antolia, centro sul da Turquia a pelo menos 8000 anos. O espelho está ligado a experiência humana de auto-­consciência, desejo de auto-­aperfeiçoamento e correção.

Com bailarinos, a coisa não é diferente, porém ha aspectos positivos e negativos no uso dessa
ferramenta em sala de aula!

O ingrediente principal para dançar bem - Por Maria Crisitina Lopes

Durante as olimpíadas aprendemos qual o principal ingrediente para um bom rendimento. Nos emocionamos junto com atletas, treinadores e jornalistas. Após cada medalha, depois de cada prova nos tornamos mais e mais envolvidos com as vitórias e também com as derrotas. Torcemos e gritamos em casa ou no estádio. E depois de cada medalha vibramos ainda mais.

Entrevista Exclusiva com o Bailarino Felipe Domingos

19 anos, formado em ballet clássico pelo Ballet Paula Gasparini, teve como mestres, importantes nomes da dança como: Paula Gasparini, Alexandre Fernandes, Eduardo Bonnis, Toshie Kobayashi, Laura Alonso, Tony Oliver, Sandra Saez, entre outros...Premiado nos mais importantes festivais de dança do Brasil além de prêmios de melhor bailarino. Premiado em 1° lugar no Festival de dança de Joinville de 2013 além da Becca para seletiva do Prix de Lausanne em Cordoba- Argentina. Dançou como 1º bailarino no Cuballet 2014 o ballet  "Paquita" com direção de Laura Alonso. Participou 3 anos consecutivos como solista do YAGP de New York recebendo bolsa de estudos para Princess Grace-Mônaco, American Ballet Theatre-New York, e New Zealand School of Dance, atualmente atua com bailarino na companhia Royal New Zealand Ballet falou gentilmente com o Mundo Bailarinístico e o resultado dessa entrevista você confere aqui

Sorteios de Dia da Bailarina no Instagram do Mundo Bailarinístico


Olá! Organizando um super sorteio para comemorarmos o Dia Da Bailarina { 1 de setembro }. Onde? No Intagram do Mundo Bailarinístico! Fiquem atentos! Para quem ainda não segue nosso perfil esta é uma super oportunidade @mundobailarinistico <3 Serão tantos prêmios, eu espero, de coração, que vocês gostem e participem! Sigam as regras certinho. não trapaceiem!  Também não vale reclamar se não ganhar depois, combinado? Vocês podem participar de mais um sorteio, sem problemas, contanto que sigam as regras de cada um. Boa Merda!

O Ballet e a Bricadeira - Por Simone Duarte

Aulas de ballet infantil podem ter brincadeiras? Por quê?

A resposta para esta pergunta precisa ser muito clara e a professora precisa ter muita segurança ao responder! Ou será (e deve ser!) questionada com relação à seriedade de seu trabalho e sua capacidade profissional.