Dicas essenciais para quem quer dançar

Não importa o ritmo. Parece que nós brasileiros já nascemos prontos para dançar. Alguns são mais tímidos, outros mais atirados e ainda tem aqueles que parecem não ter ossos no corpo. Mas, independente de qualquer coisa, o que vale é se divertir. E para isso não tem idade, sexo ou biotipo ideal. Basta entrar na pista e se divertir.




Confira algumas dicas que vão te ajudar:

- Para que você não acorde cheio de dores no dia seguinte à dança, é preciso ficar de olho na postura. Ter consciência corporal e conhecer os seus próprios limites são passos fundamentais. 

- É preciso saber que os resultados não surgem do dia para a noite. Este tipo de exercício emagrece, sim, porém, o melhor é conciliá-lo com um tempo de esteira ou até mesmo a musculação e é claro, se alimentar corretamente.

- O ballet clássico vem se tornando cada vez mais popular. Mulheres de todas as idades estão se aventurando neste tipo de dança e entrando com a ponta do pé nas aulas. O que você deve saber é que, diferentemente do que muitas pessoas imaginam, não é necessário ter flexibilidade para iniciar esta dança. Coordenação motora e disposição já são suficientes.

- Não importa a dança escolhida. Todas elas exigem muito dos seus pés e, por isso, você terá que dar uma atenção especial a esta parte do seu corpo. A escolha do calçado, massagens depois das aulas e uma higienização completa serão cuidados que se tornarão rotineiros para quem quiser investir na dança. 

FONTE: Sua Dieta