Aula de ballet é pra vida! - Por Janaína Barros

Se engana quem pensa que apenas 10 anos fazendo aula bastam para sobreviver como profissional de dança e que somente de luz, palco e coreografia, sobrevirá. Não mesmo!!! Aula de ballet, é pra vida!
Para manter o aprendizado em dia, e a pró­ eficiência da técnica, até os mais profissionais e maravilhosos bailarinos do mundo, continuam fazendo suas aulas todos os dias e no mesmo formato, mesmo que alguns achem monótono e repetitivo (barra, centro, diagonal) e a mesma ordem de exercícios (plié, battements, ronds, etc).

Seja seu estilo clássico ou não, as aulas de ballet continuam sendo a melhor ferramenta para tornar sua dança mais consistente e versátil, pois as exigências contidas em sua técnica, aprimorada ao longo de séculos, continuam proporcionando disciplina, postura, flexibilidade, força e condicionamento físico apropriado aos bailarinos, criando corpo e mente aptos ao trabalho de dança.

Uma boa aula antes de um espetáculo ou de um ensaio, por exemplo, mantém o corpo preparado para o palco, aquece os músculos, alivia a tensão e evita machucados. Mesmo nesse período, onde as atenções estão mais voltadas para coreografias e ensaios é bom que o bailarino não perca o foco nos exercícios e em seu condicionamento físico.


Quanto mais profissionais mais aulas; quanto mais maravilhosos mais aprimoramento. Não há o que determine quando um bailarino deve deixar de fazer aula, nem nunca vai existir um tempo em que “você já tenha feito tanta aula que agora é só dançar e pronto.” As aulas são como alimento, elas fortalecem e revigoram ainda que o tempo pareça curto para tantas atividades é bom não esquecer: fazer aula é tão necessário como escovar os dentes. E se você quer ser realmente um bailarino/profissional de dança nunca pense em parar.

Beijos

Comentários

FALE COM O MUNDO BAILARINÍSTICO

Nome

E-mail *

Mensagem *