Entrevista Exclusiva - Marisa Pivetta { Passo de Arte }

No Dia da Bailarina o Mundo recebe a querida Marisa Pivetta, sócia diretora da Passo de Arte promoção e produção de eventos artísticos e culturais Ltda. Presidente do Instituto Passo de Arte e representante e realizadora latino-americana do concurso Youth America Grand Prix de Nova York, que acontece no Brasil, Assuncíon no Paraguay e Argentina, falando sobre seus projetos.

Quais suas melhores lembranças na formação como bailarina?
R: As melhores lembranças são as aulas e meus orientadores, através deles ter encontrado o meu caminho como produtora de espetáculos e concursos de dança.

Em algum momento pensou em ter outra profissão?
R: Sim, eu tive outras profissões antes de me tornar uma produtora. Você vai se descobrindo e vendo o que realmente gosta e pode realizar, comecei a dançar muito tarde, dificilmente me tornaria uma bailarina ou professora.

Em seus anos de carreira como produtora, acredita que houve alguma mudança significativa na visibilidade dos eventos de dança?
R: Sim e muita, o Passo de Arte vai para a 24ª edição, o mundo mudou neste tempo, pense que antes não tinha internet, face, whatsapp, passagens aéreas eram uma fortuna .Tínhamos que imprimir os regulamentos e envia-los por correio, o que tornava tudo mais caro do que a impressão do mesmo. Além de ter que manter  mala direta com os nomes das escolas através de ligações telefônicas.
A internet facilitou  tudo, o novo processo se tornou mais rápido e econômico. Há 10 anos atrás quando começamos os Passos Regionais, era quase uma loucura... Hoje temos regionais em Minas e Fortaleza além de eventos credenciados nas principais capitais brasileiras, além de Paraguai e Argentina.
Através de assessorias de imprensa, os eventos são conhecidos nacionalmente, com este trabalho e conexões ,conseguimos por inúmeras vezes estar em edições especiais da grande media ,como, no jornal nacional direto do Lincoln Center em Nova York.

Acha que a dança é uma forma de arte subvalorizada no Brasil?
R: Eu acredito que todas as formas de artes são subvalorizadas no Brasil, até a musica que antes era o nosso passaporte de identidade para o mundo, hoje sofre!
O país precisa ver urgentemente as artes e a dança de modo geral ,como uma industria que pode gerar empregos e vender o nosso modo de vida e cultura,  assim como é feito com novelas.
É preciso uma politica publica em todas as esferas de governo: municipal, estadual e federal que permitam a criação e manutenção de grupos de dança, com pelo menos umas 10 pessoas em cada.
Viver somente de editais de fomento, não resolve a longo prazo, não se criam cias. estáveis.

Quando jurada, o que coloca como principal critério de avaliação? Acredita que o racional precise falar mais alto, pois o emocional pode se envolver com os sonhos das pessoas que estão sendo julgadas?
Não exite um único critério, depende muito do objetivo do festival. Qual é a intenção, descobrir talentos com físicos e musicalidade ,novos coreógrafos, é necessário saber isso antes de avaliar.
Acho que sempre é o racional que fala mais alto, a técnica é uma ferramenta para despertar a emoção.



Vê uma evolução no nível técnico dos selecionados para o Youth America Grand Prix com o passar dos anos? Como é o desempenho dos brasileiros no Festival?
R: Sim, evolui e muito, através dos anos levamos a Nova York perto de 2000 bailarinos e mais de 200 professores.
A comparação e vivencia com outras pessoas e nacionalidades, a forma como a dança é encarada em Nova York, os espaços, os teatros, os profissionais envolvidos, mudam a mentalidade de quem participa.
Por isso, insisto em fazer a seletiva o mais próximo possível da final em Nova York,  e irmos sempre até as finais . Seria mais fácil  e econômico dar as bolsas de estudo no Passo de Arte, mas os estudante não teriam essas experiencias e preparo, o choque seria muito maior.
Agora temos a categoria Pré com vários estudantes que estão sendo preparados aos poucos para o futuro de uma forma correta, eles serão muito melhores, inclusive emocionalmente.
Os que já estão fora estudando ou que já se tornaram profissionais,  são mais de 200 em escolas e cias. na Europa e Estados Unidos e quando estão em ferias, voltam ao Brasil em suas escolas , interferem nas mesmas, além de servirem como exemplos de que é possível um futuro profissional na dança.

Pra você a dança é:
R: É minha profissão e estilo de vida , realização .... além de através dela , possibilitar este intercâmbio maravilhoso e poder aprender cada vez mais sobre o fator humano através desta arte.

Saiba mais sobre a Marisa:
Participou como JURADA, dos seguintes eventos: Tanzolymp – Internationales Dance Festival -Berlin 2009/2010. -Dança dos Famosos” no Programa Domingão do Faustão da TV Globo -Festival do Conselho Paraguay de Dança em Assuncion.- Festival Danzamerica em Córdoba na Argentina em 2010 a 2014 entre outros.

Marisa Aparecida Pivetta, bailarina formada em ballet clássico e jazz pela Escola
Ballet Oficina de Santo André/SP.
Fez cursos de especialização com Toshie Kobayashi, Lennie Dale, e Luiz Arrieta, entre outros.
É Produtora de espetáculos de dança há mais de 25 anos
Produz há mais de 23 anos o Passo de Arte - Competição Internacional de Dança com regionais em:

Minas Gerais.............. Teatro Sesiminas - Belo Horizonte
Rio de Janeiro............ Teatro Odylo Costa Filho na UERJ
Fortaleza.................... Teatro do Centro de Convenções do Ceará e Teatro do Via Sul.
Porto Alegre............... Salão de Atos da UFRGS
Indaiatuba-SP............ Teatro do CIAEI - Centro Integrado de apoio à educação de Indaiatuba
Curitiba....................... Teatro Positivo
Espírito Santo............. Teatro Universitário da UFES

Site: www.passodearte.com.br

Comentários

  1. Maravilhosa matéria e também intrevista.
    Sou um grande fã e admirador de Marisa Pivetta.
    Parabéns!
    Bjs.
    Alexandre.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico

FALE COM O MUNDO BAILARINÍSTICO

Nome

E-mail *

Mensagem *