Relação Sono X Ballet


Bailarinos e Bailarinas, tudo bem? Andam cansados? Ensaiando muito? Dormindo pouco? 
O post de hoje vem de encontro com esta realidade para alertar a importância de ter um bom sono no seu processo de aprendizagem bailarinística!

Muitas vezes sacrificamos nossas horas de sono para fazermos nossas atividades, será que isso é saudável? Será que ajuda ou atrapalha?

O Sono a Aprendizagem

Segundo Kandel, ganhador do Prêmio Nobel com estudos sobre a memória, o sono é um “estado altamente organizado, gerado pela ação cooperativa de muitos componentes comportamentais e neurais”. E, conforme a neurociência vem descobrindo, sono e aprendizagem estão fortemente relacionados. 

Dormir pouco reduz a capacidade de manter a atenção em uma tarefa, afetando o desempenho escolar; dificulta a realização de atividades cognitivas; aumenta a sonolência diurna e altera o humor, afirma Fernando Louzada, neurocientista, cronobiólogo e pesquisador da UFPR.



O Sono e o Ballet como atividade física

É recomendado que a gente durma 8 horas por dia, ou melhor, por noite rsrsrs Na maioria das vezes não conseguimos muito deixar para depois a hora de acordar, então temos que tentar ir dormir mais cedo. Dormir bem - cerca de 7 a 8 horas por dia - pode melhorar os efeitos do exercício físico já que o metabolismo funciona melhor. 


Crie hábitos para melhorar seu sono!
A gente chega do Ballet, principalmente quem faz aula de noite, ligado nos 220 e muitas vezes apresentamos dificuldade em pegar no sono, pois não conseguimos desligar. Neste caso as dicas são:

- Tente ir para cama todos os dias no mesmo horário
- Tenha um horário certo para acordar todos os dias 
- Torne o seu quarto um ambiente relaxate, silencioso, escuro e com temperatura agradável pra você
- Desligue o celular, ou pelo menos tire o wi-fi na hora d dormir
- Evite comer muito e comidas pesadas antes de deitar
- Não pense em nada, deite para dormir, efetivamente

Cuidem do sono de vocês!
Durmam bem!

{ Referências: geekie, bem estar, }