Dicas para alongamentos no ballet

Antes de começar a se alongar, aqui estão algumas dicas para alcançar seus objetivos da melhor maneira possível


- Não seja severa demais consigo mesma. Nem todo mundo é mole, alongamento por natureza, tem facilidade para esse tipo de exercício, vá no seu tempo que as coisas vão progredindo devagar, sem desanimar, mas também sem achar que vai ser super flexível do dia para noite;

- Olhe no espelho quando você faz alguns alongamentos para ver se eles são feitos corretamente. Seus quadris devem estar alinhados com os ombros.

- Tenha um método. Por exemplo, ao praticar espacates, mantenha metade deles por 10 segundos por cinco vezes, cada vez indo mais para baixo, e em seguida, pratique o estiramento completo.

- Ao sentir dor, precisa começar a identificar se não está se machucando. Se for iniciante não faça exercícios sem auxílio ou indicação do seu professor

- Pergunte ao seu professor de balé que alongamentos pode fazer todos os dias. Alguns exercícios só devem ser feitos depois de ter feito outros, se não pode machucar

- Pratique diariamente, mas não se machuque. Se você não praticar por um dia ou dois, não se preocupe - você pode precisar de uma pausa de qualquer maneira!

- Encontre um espaço bom e grande para praticar. Use esse espaço apenas para alongamento. Tire do caminho todos os materiais que possam atrapalhar para não quebrar nada.

E, finalmente, divirta-se. Os resultados depois de tanto esforço são compensadores!

Comentários

  1. Malhar para fortalecer um pouco os músculos... Pode diminuir a flexibilidade ?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico