Pés e sapatilhas de pontas

Matéria do Blog Escola Bolshoi, com dicas da aluna da 8ª série de dança clássica do Bolshoi, Bianca de Campos.



O complemento para a graciosidade e a leveza de uma bailarina é a sapatilha de ponta, então para o bom desempenho da bailarina, assim como para a saúde de seus pés, é necessário que a sapatilha de ponta seja confortável.

Além de proteger os pés com ponteiras de silicone ou pano, papel, esparadrapo ou algodão, às vezes são necessários outros ajustes:

Sapatilhas desconfortáveis: Aconselha-se bater um pouco com o martelo na parte de cima (cuidando para não exagerar) e caso isso não resolva, você pode umedecê-la com álcool líquido ou gel e depois modelá-la em seu pé até secar.

Sapatilhas largas: As que possuem cordonê (elástico para ajustar as sapatilhas) são só puxar com a sapatilha no pé e quando sentir que já esta bem ajustada, faça um nó. As sapatilhas que não possuem esse cordonê ou mesmo com ele ajustado ela ainda estiver larga, o que pode ser feito  é costurar em forma de cadarço na parte da frente (sob o colo do pé) começando onde normalmente ficaria o cordonê.

Sapatilhas moles: Quando a sapatilha está quebrada (mole demais) custa muito esforço para manter o equilíbrio sobre elas, nesse caso você pode “aposentá-las”, trocando de sapatilha. Caso você ainda queria usá-la por mais tempo, você pode levá-la ao sapateiro, pedindo que ele coloque tachinhas especiais nas sapatilhas ou ainda colocá-las na geladeira antes de usar. È para que ela não amoleça tão rapidamente, o ideal é sempre deixá-las arejar após o uso.

Costuras e fitas: Na maioria das sapatilhas há uma camada de revestimento de lona dentro do sapato para que você costure nessa primeira camada e não na sapatilha inteira. E na ponta das sapatilhas você pode aplicar o ponto caseado usando linha de crochê bordado, que ajudará a manter o equilíbrio na hora de subir nas pontas.

Sobre as fitas: Sempre queime as pontas das fitas para que não desfiem, e quando amarrá-las, lembre-se de não apertá-las demais, pois podem apertar os tornozelos e causar desconforto e até lesões mais graves. Ao amarrar lembre-se de passar a fita de fora primeiro e depois a de dentro, escondendo os nós nas laterais.

Lembre-se que sapatilhas inapropriadas causam desconforto para os pés, podendo desenvolver várias lesões ou problemas como a joanete. Sendo assim, com a sapatilha ajustada de acordo com a sua necessidade, seus pés agradecem e o seu rendimento é muito melhor.

Comentários