Quando o bailarino não dança por completo - Por Maria Cristina Lopes

O palco. Ele aterroriza alguns. E fascina outros. Ele em si nada representa. A fascinação de muitos bailarinos por aquele palco é justamente o reflexo da fascinação da plateia pelo seu desempenho e emoção. Ela vibra e suas palmas ecoam nos ouvidos de quem dança e funciona como um impulso para fazer ainda mais.

Quando o palco se torna um pesadelo. Muitas vezes, porém, não é isso o que ocorre. Não é preciso amar o palco para amar dançar. E muitos bailarinos sentem isso na pele. Amam a dança, mas se veem impossibilitados de dançar o seu melhor no palco. E sem fazer o seu melhor é impossível dançar. Sua mente está em outro lugar. Seu coração não está 100% no palco. E sonhos se frustram da mesma forma como se formam: rápido.


Mas como este “medo de palco” surge? Isso é uma resposta muito difícil. Muitas vezes os próprios bailarinos não sabem responder. É uma questão muito individual. E geralmente só podem ser respondida com uma ajuda profissional. Mas essa é a chave para se livrar deste “medo” inoportuno. E assim, ressuscitar um sonho pessoal e profissional. Dançar e encantar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico