Bailarinos homens usam pontas? Por Fellipe Camarotto

Muita gente me perguntando isso! Bailarinos homens, podem, devem ou não usar sapatilhas de ponta? Transferi a pergunta para o nosso colunista Fellipe Camarotto e ele fala sobre este assunto hoje aqui no Blog.


As sapatilhas de ponta são famosas nas peças de ballet, permitindo que a bailarina flutue e demonstre sua leveza. Porém o estudo de pontas não é introduzido para iniciantes. Precise-se primeiro que estejam fortalecidas as articulações e músculos, e também desenvolvido a técnica, para que o impacto seja quase imperceptível para o corpo. Utilizar o trabalho de pontas de forma errada pode trazer lesões no tornozelo, joelho, panturrilha, quadril, coluna, e vai subindo.

Geralmente homens não trabalham com as sapatilhas de pontas no período escolástico, pois tradicionalmente são as mulheres que utilizam, mas isso não indica que o homem não possa. O mais natural é que o homem ofereça o trabalho de suporte para a que a bailarina se sobressaia com o trabalho de pontas. No entanto, se o bailarino decidir trabalhar nas pontas durante o processo de aprendizado, isso deve requerer muita dedicação e atenção.

Poucas obras exigem o homem na sapatilha de ponta, mas podemos citar Cinderela e Sonho de uma noite de verão, entre outros. Porém todos esses papéis exigem preparação, pois embora os bailarinos sejam fortes, eles são mais pesados e tem o centro do corpo ligeiramente diferente para o equilíbrio nas pontas. Por vezes o bailarino gosta de se expressar dessa maneira, nesse estilo, e existem companhias especificas onde bailarinos interpretam os papéis de mulheres com o trabalho de pontas. Porém o bailarino pode não querer fazer parte desse estilo cômico como o trabalho da companhia Les Ballets Trokadero Des Monte Carlo.

O homem dançando nas pontas foi um preconceito durante muitos anos. Muitos dos melhores bailarinos da nossa atualidade teve seu momento dançando nas pontas. Embora a maioria dos bailarinos dancem nas pontas por diversão, existem coreógrafos elaborando grandes trabalhos para homens nas pontas. E é importante citar o risco de não se ter tido um treinamento especifíco dos homens nas pontas.

Muitas escolas acreditam ser contra as regras ou limitam o uso das pontas no trabalho masculino. O melhor é deixar a curiosidade e a vontade do aluno, para que ele decida qual caminho seguir. Temos hoje em dia muitas mulheres executando passos masculinos, então por que não homens estudarem pontas ? Alguns alunos irão se interessar pelo trabalho com pontas para o fortalecimento dos pés, outros porque planejam dar aula de técnica de pontas ou coreografar, e gostariam de entender o processo todo e os limites do trabalho na ponta.

Richard Sais, Professor Associado da Universidade Estadual da Flórida em Tallahassee, acredita que o treinamento nas pontas oferece aos estudantes do sexo masculino um novo nível de alongamento dos pés que não é possível apenas com exercícios executados em meia-ponta ou em sapatilhas de balé.
Mikhail Messerer, um mestre de balé, pensa que o estudo nas pontas para os homens é sensato se eles encontrarem sapatilhas de ponta que não irá danificar seus pés. No entanto, Joanna Kneeland dúvida que a sapatilha de ponta construirá a força nos homens que não pode ser obtida através de outros exercícios.

Como bailarino você não será exigido ter um trabalho com pontas. Pode ser um alívio, mas alguns bailarinos ainda insistirão em usar. Eu estimulo e encorajo aos bailarinos que exploram e vão a fundo ao que lhe interessam. O trabaho com pontas pode ajudar o bailarino a adquirir trabalho de pés e um melhor trabalho de equilibrio. Pode também dar um melhor senso de como trabalhar com a bailarina enquanto realiza o trabalho de partner no pas de deux. Tipicamente o trabalho de pontas é tão intenso que pode ser até fácil para o homem encontrar outras formas de desenvolver sua força e equilíbrio. E é importante ressaltar a diferença entre o corpo do homem e da mulher.


Comentários

  1. Achei muito sensaro e pertinente seu comentário e colocações bem embasadas. Venho acompanhando seu crescimento Fellipe, adimiro pessoas inteligentes e estudiosas e que fazem o bem para outros de maneira tão profissional e com propriedade, ressalto meu respeito a você. Um jovem professor com posicionamento de tamanha grandiosidade. Parabéns continue assim.
    Professor Gilbert D'Assis.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico

FALE COM O MUNDO BAILARINÍSTICO

Nome

E-mail *

Mensagem *