Ballet Adulto - Carta de uma professora de ballet adulto para suas alunas

Olá! Encontrei essa carta em minhas pesquisas bailarinísticas e descobri que era da nossa colunista Karen Ribeiro. Não sei dizer em quais circunstâncias ela foi escrita, mas achei muito legal o que ela diz. Por me identificar e acredito que muitas professoras também se identificarão, eu resolvi postar:


"Carta de uma professora de ballet adulto para sua aluna que acha não ter se saído bem na sua aula… 

Para você não ser o erro é que te corrijo. Se quiserem uma escola onde ninguém olha por e para vocês não vai ser a minha escola de ballet. E ballet vai além de técnica tem muito de alma. Alma que todas vocês têm. É minha obrigação como professora, como boa professora não ignora-las e mostrar o caminho correto.

Ser professora de ballet para mulheres e homens adultos é um grande desafio: para o professor e para o aluno.

Porque vocês enfrentam um não saber, enfrentam uma disciplina que jamais pensaram em passar ou “submeter” ou ter na idade que estão.

Disciplina de calar porque tem que desviar todo o próprio pensamento para a correção e para o próprio corpo.

Eu me importo muito em ensinar direito. Em fazer vocês cada dia mais lindas, e saiba que hoje te elogiei internamente e não disse porque eu estava te filmando…

Mas saibam que vcs NUNCA IRÃO ACERTAR TUDO NUMA AULA EM UM DIA.

NUNCA. Um bom bailarino é o bailarino que tenta diariamente.

Tenta ser melhor em uma coisa por vez, uma pedacinho melhor por vez, nem que esse pedacinho seja calcanhar para frente, pés mais esticados, quadris mais encaixados…

Porque o ballet é a arte do mínimo...

Mas o meu amor por vocês é gigante, não cabe em nenhuma expressão… e eu jamais desistirei de vocês ou deixarei vocês desistirem, pois eu jamais disse que seria fácil, mas vale muito a pena!"

Karen Ribeiro

Fonte: Ballet é arte