Como ensinar suas alunas crianças a serem responsáveis no Ballet

Senso de responsabilidade tem muito a ver com a disciplina que tanto falamos no Ballet. Mas quando falamos de crianças, ainda mais quando falamos das pequenas, como podemos ensiná-las a ter responsabilidade no Ballet?

A responsabilidade pode sim ser ensinada desde cedo. É errado pensarmos que que as crianças não são capazes ou não que não é necessário que elas tenham compromissos, então é importante inserirmos deveres à elas dentro acerca de suas atividades bailarinísticas, aumentando aos pouquinhos à medida que elas forem crescendo.



Podemos começar com o o autocuidado. Ensinar a vestir a roupa do ballet, explicar sobre a frente e as costas do collant, como calçar a própria sapatilha, incentivar a guardar os itens que usarem durante as aulas (no caso do baby), ajudar a professora em pequenas tarefas. Quando um pouco mais velhas, ensinar a fazer o próprio coque, enfim, deixar se virar um pouco. Tem meninas de 12, 13 anos que não sabem fazer o coque, isso não pode acontecer.

Também podemos pensar em exigir que estejam em aulas e ensaios nos horários. Claro que, elas dependem dos seus responsáveis para isso, mas cobrar, de maneira educada e explicando porque não devem se atrasar é importante.


Não acho interessante recompensas, mas o estímulo positvo é bem legal! Parabenizá-las pela responsabilidade é uma prova de valorizar a disciplina, mas sem associar a presentes, ou mimos em troca do que eles forem fazer.

Você como professor (a) é exemplo! Evite atrasar, seja responsável, cumpra o que o que promete, faça o que exige delas, seja organizado também. Professores devem servir de inspiração, dar limites, cobrar e, claro, valorizar os bons comportamentos.

Quando maiorzinhas, pode sugerir que elas organizem sua bolsa de ballet e cuidem das suas roupas e acessórios, mantendo organizados.

Tudo isso é essencial para o amadurecimento das crianças e para que elas entendam o que é responsabilidade, lembrando que onde não há comprometimento, não há crescimento.

Boas aulas!