Curiosidades de O Lago dos Cisnes

Confirma algumas novidades de um dos mais ballet mais assistidos do mundo, O Lago dos Cisnes:



❤ O Lago dos Cisnes foi composto por P. Tchaikovsky em 1876 em Paris, por encomenda do Teatro Bolshoi em Moscou

❤ Foi a primeira vez que as bailarinas usaram o “tutu bandeja” ao invés do romântico, comum na época

❤ O enredo do bailado tem origem em uma lenda alemã e conta a história do amor do Príncipe Siegfried por Odete, que um feiticeiro transformara em cisne, e que só volta à forma humana à noite

❤ Tchaikovsky compôs a obra mais não era especialista em música para balé, o que fez com que o Lago dos Cisnes fosse o primeiro a ter sua música composta por um compositor de sinfonias e concertos e não por um compositor especialista em música para balé, como era o comum na época.

❤ Para a composição, Tchaikovsky estudou música de compositores como Léon Minkus e Cesare Pugni, com quem estudou na juventude.

❤ Para compor o Pas de Deux branco e a coda das pretendentes Tchaikovsky usou partes de uma ópera chamada O Voivoda, em que havia começado a trabalhar, mas que havia sido abandonada.

❤ Um de seus sobrinhos afirma ainda que Tchaikovsky já havia composto um pequeno balé chamado The lake of the Swans para ser encenado por sua família e que o famoso tema dos cisnes foi tirado dessa pequena composição.

❤ Os 32 fouettés en tournant executados por Pierina Legnani foram introduzidos na coreografia por Petipa, que sabia que o feito causaria sensação como já havia sido feito na montagem de Cinderela em que Legnani já havia executado o número.

❤ A filha de Petipa, Marie, dançou com um vestido adornado por diamantes no valor de 12000 rublos.
Odile originalmente não era vista como um cisne negro, mas simplesmente como a filha de Von Rothbart. Só por volta de 1940 é que essa personagem passou a ser interpretada como um cisne.

❤ Em 1894, o príncipe Ivan Alexandrovich, então diretor do Teatro Mariinsky de São Petersburgo, decide homenagear Tchaikovsky, que havia falecido um ano antes, criando uma nova versão de “O Lago dos Cisnes”


❤ Marius Petipa, que era o principal maître de ballet do Teatro Mariinsky, foi encarregado desta vez de fazer a nova coreografia. Foi tanto o sucesso, devido ao lirismo e à beleza da coreografia, que em janeiro de 1895 vai à cena a obra prima completa com 4 atos.

Fonte: 
midiorama