Professores de Ballet - não deixem suas aulas caírem na rotina

Este post é em resposta a perguntinha da Brenda. Ela dá aulas e sentiu que elas estão caindo em rotina. Perguntou como deixar as aulas mais dinâmicas sem perder a disciplina. Acredito que pode ser uma questão para muitos professores de Ballet. As aulas de clássico são tradicionalmente repetitivas e elas precisam ser assim. A repetição faz parte do processo de aprendizagem. Massss podemos sim tentar deixar nossa aula mais dinâmica. Como?



Seguem algumas dicas:

- Datas Especiais
Podemos aproveitar datas como halloween, dia da dança, páscoa, enfim, são muitas ao longo do ano, para propor aulas diferentes, usando nossa criatividade, fugindo um pouco do habitual

- Músicas
Buscar sempre músicas novas, diferentes, que mudem a contagem e o andamento e que façam o mesmo plié se tornar um novo plié

- Propondo atividades diferentes
Como por exemplo, pesquisas teóricas sobre passos, técnica, grandes nomes do ballet e pedindo para os alunos levarem suas pesquisas para sala de aula. Pode marcar um debate acerca de assuntos bailarinísticos com eles

- Aulas especiais
Aulas de alongamento, de abertura, de musicalidade, com exercícios em dupla, aula de chão, aula toda no centro, aula de variação, expressão corporal e o que mais achar pertinente.

- Aulas baseadas em repertórios
Pode criar uma aula que tenha como tema algum repertório. Levar as músicas daquele ballet, sugerir passos de coreografias dele, pedir pesquisa, falar curiosidades.

- Vídeos
Não pode usar sempre, pois vai parecer que está com preguiça, mas pode levar vídeos de ballet para assistirem juntos. Repertórios, filmes, vídeos pequenos específicos de algum assunto específico que queira mostrar

- Aceite opiniões
Peça para seus alunos colocarem as opiniões deles em uma caixinha, assim eles terão coragem de falar o que gostariam que acontecesse e você avalia o que é possível , viável e coerente, ou não.


Uma ideia unindo Músicas + atividades diferentes

Você pode pedir para que cada aluno escolha uma, duas ou até 3 músicas que ele gosta (a quantidade vai depender do tamanho da turma) e passem essas músicas para você, aí você monta uma aula especial em que os exercícios sejam executados com as músicas que eles sugeriram.