Como melhorar seu adágio

Pergunta da leitora Laura
"Como melhorar meu adágio?"



Uma das coisas mais difíceis do Ballet Clássico é o adágio. E como é difícil ver um bem feito, contínuo, lindo e leve, que você olha e parece que é muito muito fácil.

Foto de Royal Opera House
Covent Gardenem flickr
Se olharmos pelo significado Adágio é um movimento lento sustentado com ênfase nas posições e no equilíbrio. Ou uma série de exercícios constituído de uma sucessão de movimentos lentos e graciosos que podem ser simples ou de caráter muito complexo, executados com fluidez e aparente facilidade.

Estes exercícios desenvolvem a capacidade de sustentação, a estética, o equilíbrio e a pose correta, o que permite ao bailarino executar movimentos graciosos e certos.

Os principais passos do adágio são pliés, développés, grand fouettés en tournant, dégagés, grands rond de jambes, rond de jambe en l'air, coupés, battements tendus, attitudes, arabesques, preparação para piruetas e piruetas.

Para melhorar os adágios se faz necessário:

- Trabalhar sustentação, de pernas e fazer exercícios de força abdominal

- Fazer exercícios de flexibilidade para aumentar a extensão e altura das pernas nos developpés e arabesques, por exemplos

- Trabalhar postura, posição correta de costas e braços

- Dar atenção aos alinhamentos de tronco e pernas, prestando atenção no eixo, para manter o equilíbrio

- Pensar na fluidez na execução dos passos, aproveitar as sequências de pliés iniciais da aula para trabalhar essa continuidade na sua movimentação

- Utilizar cada passo que estiver sendo proposto com andamento musical lento (adágio) para exercitar. Não só as sequências denominadas de Adágios. Os fondues, os ronds, os tendus, os pliés, entre outros passos citados acima, podem ser realizados lentamente, com dinâmica de adágio.

- Assista vídeos de adágios em aulas de ballets e em Ballets de Repertório, aos poucos vai tentando realizar o que observou ao assistir. Claro que isso depende também da sua técnica e do seu físico, mas estudar faz parte do processo de busca por um bom adágio.

As Bailarinas "Adágio"

Foto Pinterest
Algumas pessoas reúnem características que a tornam um Bailarino ou Bailarina "Adágio". Eles emocionam com suas extensões e por dominar movimentos suaves. São melhores realizando os adágios de pas de deux, bem como as variações que se movem em um ritmo mais lento. 

Sobre o Adagio Vaganova diz:

" Para a execução dessas combinações complexas, os estudantes devem ser fundamentalmente preparados nas classes anteriores a dominar a força do tronco e o equilibrio para que, ao se esbarrarem com novas grandes dificuldades não percam o autocontrole.
Esse tipo de adagio complexo desenvolve a agilidade e a mobilidade da figura; quando nós nos depararmos com grandes saltos e allegros, não precisaremos perder tempo com o dominio do corpo."


Adágios nos Repertórios



A abertura do clássico Pas de Deux no qual a bailarina, ajudada pelo seu partner, executa os movimentos lentos e o bailarino levanta, sustenta ou transporta a bailarina é chamada de Adágio também. Momento coreográfico em que a bailarina mostra sua linha e se equilíbrio, executando développés, piruetas, arabesques e pegadas junto com o Bailarino.

Não fujam dos adágios!