Cuidados ao fazer o Grand Ecart

Grand Ecart (o popular espacate) é uma das metas de todas as bailarinas do mundo! Até porque, a primeira pergunta que a gente responde quando falamos que fazemos ballet é: "Você abre espacate?". Alguns cuidados devem ser tomados e levados em consideração ao realizamos este exercício. #FikaDika


♥ Não force muito. Só você conhece os seus limites. Você pode se machucar.

♥ Não crie o hábito de dobrar a perna traseira. É muito difícil se livrar desse hábito e ele pode deixar a abertura visivelmente feia.

♥ Não torça o quadril; esta é uma prática ruim e pode se tornar um hábito. Você pode verificar se está fazendo isso colocando a mão nos quadris enquanto faz uma abertura; se eles estiverem torcidos para o lado, levante-se e tente de novo, tentando desta vez não repetir o mesmo erro.

♥ O único jeito de alcançar a perfeição é praticando. Ninguém consegue fazer aberturas de repente. É preciso ter paciência e disciplina.

♥ É quase certo que as suas pernas vão doer no dia seguinte. Isto é bom, pois mostra que os músculos estão se adaptando. Porém, há uma diferença entre uma dor boa e uma ruim. Aprenda a discernir ambas antes de começar a fazer aberturas. Na maioria dos casos, uma dor leve é boa, e uma dor aguda não.

Pratiquem!