Selma Cristine em: Ballet adulto realizando sonhos

Recebi tantas histórias sobre ballet adulto! Quero agradecer cada pessoa que mandou e em breve irão receber seu cupom de desconto prometido em seus e-mails ;)
Por enquanto ficamos com a história que mais nos emocionou e levou um collant da Poème para casa! Parabéns Selma! E obrigada! Entraremos em contato por e-mail.

"Minha linda história com o ballet, não diria que se iniciou a dois anos atrás, pois desde criança sempre tive paixão por essa arte.   dois anos que coloquei minha primeira sapatilha e fui buscar a realização do meu grande sonho como pessoa; dançar ballet!
Embora tive a sorte de ter vindo em uma família linda, meus pais não tinham condições para me colocar em uma escola de dança, depois fui crescendo e sempre haviam outras prioridades, me casei tive meus filhos e mais uma vez tive a sorte e o privilégio de ter mais uma família linda!
Uma mulher com uma vida normal, alegre e com seus desafios seguindo sempre em frente.
Tudo fiz e procurei ser o melhor que pude como filha, mãe e esposa.
Mas minha alma ansiava por algo mais, faltava algo; estava incompleta!
Com a ajuda de minha grande amiga e irmã. Criei coragem e fui até uma escola para minha primeira aula.
 Meu corpo tremia de medo e vergonha! Confesso que ao ver as meninas bailarinas fiquei admirada, mas com vontade de sair correndo, pois me senti ridícula por alguns instantes.
A dona da escola me apresentou para a professora, e logo começamos com os primeiros exercícios na barra.
Tudo naquele instante mudou! A alegria tomou conta, foi um momento mágico onde aos poucos fui sentindo que meu corpo se conectava a minha alma.
Tive a bênção de conhecer uma professora menina bailarina, que com seus 23 anos seguiria comigo em busca do sonho de tornar uma moça de 51 anos em bailarina.
Hoje com 53 anos, não me contento em fazer aulas duas vezes por semana, quero muito mais se possível faço todos os dias, pois vivo minha paixão com toda intensidade.
Enfrentei preconceitos, ainda noto olhares e risadinhas, tenho dificuldades, treino muito, me dedico e sei que ainda vou superar os desafios de alguns passos, inclusive as belíssimas piruetas.
Mas confesso, que quando me vejo no espelho fazendo ou tentando aqueles passos lindos, me sinto uma adolescente, sim uma adolescente descobrindo o lado mais belo da vida, realizando meu sonho de ser bailarina.
Com muita gratidão por essa menina que ousou me incentivar, exigir e sobre tudo que acreditou em mim, estou aqui escrevendo minha história de ballet aos 53 anos de idade e já fiz duas apresentações no ano passado.

Não sei quanto tempo ainda meu físico dançará, mas se ele acompanhar o desejo de minha alma, dançarei até ficar bem velhinha, pois DIGO AMO O BALLET E HOJE SOU COMPLETA E FELIZ!!!!"
Selma Cristine

Comentários

  1. Linda história!
    Muitas felicidades, Selma!
    Abraço, Paula K.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico

FALE COM O MUNDO BAILARINÍSTICO

Nome

E-mail *

Mensagem *