A importância de uma rede de apoio para bailarinos - Por Maria Cristina Lopes

Todos nós sofremos diversas frustrações no nosso dia-a-dia e em diversas áreas da nossa vida. Seja profissionalmente, em âmbito familiar, com amigos e colegas, saúde, ou qualquer outra área: somos constantemente inseridos em situações frustrantes. Isso é verdade também para bailarinos. Mas, para estes, além de frustrações comuns a todos há diversas outras que só eles conhecem.
São centenas de horas de aulas e ensaios, muitas vezes em um único mês para aprender novas coisas e aprimorar o que já aprendeu. E não é o suficiente aprender cognitivamente – ou seja, fazer com que o seu cérebro aprenda – é preciso que o seu corpo assimile tudo – o que leva tempo.  

De fato bailarinos são seres que precisam lidar com uma alta carga de frustração constante. Além do próprio aprendizado há outras situações de cobrança: do professor, dos colegas, familiares e do tempo. Pois não há saída, quando a apresentação está marcada você precisa aprender até aquela data. 
Existem muitas formas de lidar com a frustração. Inclusive para alguns é tão difícil e insuportável que abrem mão de sonhos pela cobrança, dificuldade de aprendizagem, mercado de trabalho incerto, entre outras razões compreensíveis. Mas aprender a lidar de forma saudável com a frustração é importante para a vida de todos, e também para o bailarino. Imagine-se aprendendo a encarar as situações de forma madura e saudável. Quantos sonhos não serão desperdiçados? 

O desenvolvimento pessoal é algo que todos devem buscar. Mas que não é adquirido da noite para o dia. Mas existem muitos estudos que mostram o quanto que uma rede de apoio ajuda na resiliência. Entenda por resiliência a capacidade de passar por situações muito difíceis e depois voltar ao seu estado de ânimo, saúde mental e emocional normal. 

Uma rede de apoio pode contar com professores, colegas, amigos, parentes, família nuclear, etc. Todos que estão lá por você nos momentos difíceis. E principalmente saber recorrer a eles na hora certa. Uma palavra amiga, um abraço, uma piada, enfim, o apoio podem ser a diferença entre seguir os sonhos da sua vida e desistir de tudo. Podem ser a diferença entre ter uma crise de ansiedade ou estresse e ter uma boa saúde mental. Amplie sua rede de apoio e recorra a ela sempre!