Entrevista Exclusiva - Simone Duarte SD Ballet Infantil


Hoje o Mundo Bailarinístico conversa com a Simone Duarte. Diretora da companhia SD Ballet, autora do livro “Como ensinar e encantar crianças pelo ballet", vai falar sobre sua experiência como professora e sobre o  ballet infantil.


Como começou sua história com a dança?

Eu sempre dançava na escola, e ainda nesta época ingressei nas aulas de ballet, no teatro de minha cidade, Criciúma em Santa Catarina, com professor Valter Savi. O Valter é um apaixonado pelo que faz, e isso me possibilitou treinar 4 horas por dia (inclusive nos finais de semana) durante muitos anos.

Quando e porque decidiu ser professora?

Comecei como auxiliar aos 17 anos, a convite de uma professora. Depois esta professora foi dar aula em outro lugar e fiquei como titular no Colégio São Bento, onde formei a minha primeira turma de ballet, as alunas desta turma fazem ballet comigo até hoje.

O que cada aluno deixa em você?

O que mais me alegra e deixa o trabalho prazeroso é o sorriso no rosto das crianças, é ver a satisfação nos olhos quando algo as encanta, é isso que vai me modificando e foi o que me inspirou a criar o Método de Ensino Sapatilha Dourada® e a começar a dar cursos pelo Brasil, para que cada criança tenha a oportunidade de se realizar através de excelentes aulas. Então posso dizer que cada aluno deixa em mim a vontade de continuar neste maravilhoso mundo do ballet infantil.



Qual a maior diferença entre ensinar ballet para crianças e adultos?

A criança demonstra o que sente através de sorrisos, através do olhar, quando ela está feliz ela sorri e ela fala que amou aquilo, ela se deixa envolver e se deixa modificar, ela confia e vai com você aonde você disser que tem que ir. Tenho pouca experiência ministrando aulas para adultos, pois sou especialista em ballet infantil, mas percebi que é mais difícil ter o feedback dos adultos, de saber o que estão pensando e se estão satisfeitos, e o pior é que algumas vezes nem eles sabem exatamente o que querem das aulas e se estão gostando, hehehe. Fico com as crianças pelo brilho nos olhos!

O que acha dos treinamentos pesados para bailarinos desde criança? 

A criança não pode ser tratada como "mini adulto", então acredito que deve ser tratada como criança. Neste caso podemos fazer várias analogias... existem medicações de uso pediátrico e de uso adulto, bem como nos colégios a edução infantil infantil é bem diferente da educação para adolescentes.
A rotina, a capacidade, a estrutura física e a estrutura psicológica de uma criança são muitos diferentes de um adolescente, então acredito que estas diferenças devam ser respeitadas.

Acredita que se a intenção do bailarino (a) for se tornar profissional e alcançar o alto nível técnico, a maneira de ensinar deve ser diferente e com mais exigências?

Ser bailarino profissional requer muito treino e conhecimento específico para alcançar alto nível técnico e obter sucesso, obviamente este treino será diferente do treino de alguém que faz ballet apenas como lazer. Da mesma forma, para ser professor e ter êxito também se faz necessário uma preparação, conhecimentos específicos e muitos anos de estudo.
O objetivo do bailarino profissional é encantar plateias com a execução perfeita dos movimentos, já o objetivo do professor é encantar aos alunos com aulas envolventes (para que estes alunos se tornem bailarinos profissionais, professores ou mesmo bailarinos amadores que dançam apenas por lazer e qualidade de vida), por estes motivos o processo para se tornar um excelente professor é bastante diferente do processo que formará um excelente bailarino profissional.

clique aqui para comprar o livro
Pensando em crianças, quais as idades adequadas para inícios? (início no baby class, início no ballet infantil, barra, aulas de ponta etc...)

No Método de Ensino Sapatilha Dourada®, utilizado em nossa escola (que tem professoras certificadas em unidades próprias em Santa Catarina e unidades credenciadas no Rio Grande do Sul, Paraná e no Nordeste do Brasil) crianças podem ingressar a partir dos 3 anos de idade.
Os níveis iniciais são divididos em Infantil (3,4 e 5 anos de idade), Básico (6,7 e 8 anos de idade), Fundamental (9,10 e 11 anos de idade). O trabalho de barra e preparação para sapatilha de ponta começa no nível fundamental.

Pra você dançar é:

A realização de um sonho! Encantar as crianças com o ballet é a realização deste sonho em dobro!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico