Morre Violette Verdy - Bailarina e ex-diretora da Ópera de Paris

A francesa Violette Verdy, bailarina, coreógrafa e ex-diretora do balé da Ópera de Paris e de outras importantes companhias, morreu nesta segunda-feira, dia 8, aos 82 anos, nos Estados Unidos. A causa da morte foi descrita por um primo apenas como uma "breve doença", sem maiores detalhes.

Nascida em 1933, Violette Verdy fez seu "début" no Balé do Champs-Elysées de Roland Petit (1945-1948). Depois de uma carreira em grande parte americana - com passagens pelo American Ballet Theatre e New York City Ballet, onde seria "bailarina principal" -, ela se torna, em 1977, a primeira mulher a dirigir o balé da Ópera de Paris, até 1980.

De volta aos EUA, assumiu a direção do Boston Ballet (1980-84) e passou a se dedicar ao ensino no New York City Ballet e em outras companhias. Ela também coreografou seis balés, entre eles "Variations", para a Ópera de Paris, e "Diverdymento", para a Ecole de Danse.