Primeiro dia com a Sapatilha de Ponta

No mês passado eu tive uma aluna, a Camila Amaral, em seu primeiro dia com a sapatilha de ponta. Ela estava tão nitidamente feliz e encantada (e retinha) que eu pedi para ela escrever um depoimento sobre aquele momento. Ela escreveu e quero compartilhar com vocês...
No ballet, sabemos que o esforço na verdade tem que ser imenso, mas em compensação o prazer é maior ainda! Quando comecei o ballet, sabia que dificuldades, lágrimas e muita dor ainda estaria por vir, mas nada disso se comparava a felicidade de conquistar um objetivo.

Tenho a sorte de ter a Dryelle Almeida como minha professora, que apesar de todas minhas dificuldades e atrapalhadas (que não são poucas hahahah), sempre se esforçou pra me ensinar e fazer com que eu melhorasse cada vez mais.

Hoje, finalmente subi na ponta e pra quem tá no meio do ballet sabe o quanto é gratificante perceber que todo seu trabalho e esforço está sendo reconhecido. Além da minha professora, também quero agradecer à todos que sempre me apoiaram e me mostraram que quanto mais eu lutasse, mais eu iria conseguir conquistar.

Parabéns Camila! Continue acreditando e fazendo acontecer os seus sonhos!

Um comentário:

  1. Tenho muita sorte de ter você como professora! <3

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico