15 ANOS DA LUCIANNE MURTA ESCOLA DE BALLET

ANA BOTAFOGO E ORQUESTRA BACHIANA COM REGÊNCIA DE JOÃO CARLOS MARTINS SOBEM AO PALCO DO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO PARA COMEMORAREM 15 ANOS DA LUCIANNE MURTA ESCOLA DE BALLET

História do Ballet: Grandes Mestres, Grandes Compositores será apresentada nos dias 2 e 3 de dezembro

Lucianne Murta e Ana Botafogo Foto: Wilian Aguiar

A cena inicial do espetáculo que marca as comemorações dos 15 anos da Lucianne Murta Escola de Ballet, anuncia que a comemoração será superlativa. O maestro João Carlos Martins sobe ao palco do Theatro Municipal de São Paulo, se senta ao piano e toca a Overture, de Bach. Na sequência, a bailarina Ana Botafogo pergunta à plateia: Como será que a história da dança clássica começou?. O texto se desenrola e a Orquestra Bachiana Sesi-SP segue na execução de todas as obras de Gala 15 anos: História do Ballet: Grandes Mestres, Grandes Compositores, espetáculo que conta com direção artística de Lucianne Murta e acontece nos dias 2 e 3 de dezembro, respectivamente às 19h e 17h. Os ingressos estão esgotados.  

“Em 2002, quando abri a Lucianne Murta Escola de Balé, meu maior desejo era o de ensinar e dividir o conhecimento que tinha adquirido pelo mundo. Não imaginava o quanto poderia aprender e como essa escola transformaria a minha vida e a de todos que por aqui passaram.  E para agradecer por esses 15 anos, era preciso que pudesse proporcionar aos nossos alunos algo ainda não experenciado por nenhuma escola de dança no Brasil: Dançar no palco do Theatro Municipal de São Paulo - que recebe os mais respeitados espetáculos do mundo - ao som da Orquestra Filarmônica Bachiana regida pelo maestro João Carlos Martins, tendo Ana Botafogo, a nossa grande primeira-bailarina como condutora da história da dança clássica”, fala a diretora. 

O espetáculo inédito com duração de 90 minutos e participação de mais de 300 alunos, convida o espectador a conhecer a história da dança clássica, desde os seus primórdios, passando pelo balé de corte, balé de ação, romântico, clássico, neoclássico até os dias de hoje. “As coreografias permeiam os períodos da história da nossa arte e a Ana traz isso de uma forma muito singular para cena.  A LMEB é um espaço de formação que vai além do ensinar a dançar. Costumo dizer que nossa missão é transformar arte em educação diariamente e para comemorar 15 anos precisávamos transformar a nossa história em movimento”, completa a diretora. 


Sobre os artistas convidados: 

Ana Botafogo | Narração
Primeira bailarina e diretora artística do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. É considerada pelo público e pela crítica uma das mais importantes bailarinas brasileiras de todos os tempos. Começou sua carreira profissional da França no Ballet de Marseille e posteriormente foi bailarina do Teatro Guaíra e da Associação de Ballet do RJ. Em 1981, ingressou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro como primeira bailarina, cargo que ocupa até hoje. Além de bailarina e diretora de dança ministra palestras e workshops sobre esta arte.

João Carlos Martins | Regência
Pianista e regente, João Carlos Martins é considerado pela crítica mundial um dos maiores intérpretes da música de Johann Sebastian Bach. Começou a tocar piano aos oito anos de idade e aos 20, já se apresentava junto as maiores orquestras do mundo. Em 1965, após um acidente em Nova York, foi aos poucos passando para o outro lado da cena: de pianista, tornou-se um dos maiores maestros do nosso tempo. Segundo o jornal New York Times, “a música que retira dos músicos satisfaz qualquer um. Ele molda linhas e dinâmicas no ar com um toque romântico”.

Bachiana Filarmônica SESI SP | Orquestra
Fundada em 2004, a Bachiana Filarmônica – uma parceria entre a Fundação Bachiana e o Sesi SP – conta com músicos selecionados entre as melhores orquestras do país e regência de João Carlos Martins. Desde sua criação se apresenta em diversas cidades do país, além de importantes espaços da música internacional, como Carnegie Hall, Metropolitan e Lincoln Center, em Nova York.  


DIREÇÃO ARTÍSTICA

Lucianne Murta 
É diretora artística da Escola de Ballet Lucianne Murta desde 2002. Iniciou seus estudos de balé clássico na Escola de Ballet Lucia Millás, em Santos, São Paulo e, em 1992, formou-se como bailarina clássica pela Escola de Bailado de Santos. Como estudante de dança também passou pela San Diego Ballet School e pela Califórnia Ballet School, ambas na Califórnia, Estados Unidos. Teve como mestres Jorge Penã, Ricardo Ordones, Ilara Lopes, Lucia Millás, Ruslan Gawriljuk, entre outros. Foi bailarina do Grupo Uirapiru, entre 1995 e 2000, sob direção de Ilara Lopes e atuou como professora no Núcleo de Dança Nice Leite - Ilara Lopes, no Brasil, e na Stratcraft Dance School, em Londres, Inglaterra. É certificada como professora e TD Teaching Diploma pela Royal Academy of Dance - metodologia aplicada em suas escolas - na sede da RAD em Londres. Além da sua formação como professora e diretora artística é bacharel em Direito (FDSBC) e pós-graduada em Administração de Empresas (FEA).

SERVIÇO – Lucianne Murta Escola de Balé. Gala 15 anos: História do Ballet: Grandes Mestres, Grandes Compositores. Dia 2 de dezembro, às 19h e dia 3 de dezembro, às 17h, no Theatro Municipal de São Paulo. Os ingressos estão esgotados. 


PARA ENTREVISTAS E/OU INFORMAÇÕES: 
Marcela Benvegnu | Gestão de Comunicação e Imagem 
marcelabenvegnu@gmail.com | (949) 568-7153