Estrutura de aulas de Ballet

Ao longo dos tempos, uma aula de ballet foi ganhando uma estrutura lógica, até chegar na que temos hoje, que, mesmo sendo adaptada de escola para escola e até de professor para professor, de modo geral é mantida na grande maioria de espaços que ensinam ballet clássico, no mundo todo.

Usualmente, uma aula é dividida em: Aquecimento; Barra; Práticas no Centro, Diagonais, Agradecimento e Relaxamento (às vezes tem, às vezes não tem o relaxamento).

Sobre o aquecimento
Pode ou não ser feito na barra, mas muitos professores já pedem para o aluno chegar aquecido em aula.


Sobre a barra


Mesmo que os exercícios realizados na barra possam parecer monótonos, eles são feitos para ajudar bailarinos a construir a força e aprender a colocação correta do corpo. O que fazemos na barra deve ser levado para o centro, para a diagonal e para o palco.
Não importa o nível em que o aluno se encontra, sempre fará exercícios na barra.
Exercícios normalmente dados na barra (em ordem):
Plié
Tendu
Jeté
Rond de jambe
Elevações e relevés
Fondu
Frappé
Adagio
Grand Battement
Alongamento

Sobre as Práticas no Centro (ou só Centro, como chamamos normalmente)




Uma vez que terminamos os exercícios em barra, nos posicionamos no centro da sala, são feitos exercícios diversos e lá que vamos aperfeiçoar nosso equilíbrio e técnica. O professor por ou não dividir as turmas em grupos, de maneira que todos tenham espaço para dançar. Normalmente ficamos organizados em linhas, de frente para o espelho. O ideal é que essas linhas sejam intercaladas, assim todos poderão se ver no espelho e o professor poderá enxergar melhor.
Exercícios normalmente dados no centro (em ordem):
Tendus
Adágio
Piruetas
Pequenos Saltos
Baterias

Diagonal

Alguns professores dão os Grandes Saltos em diagonal e também alguns treinos de giros e outros passos em diagonal, normalmente em filas (individual ou em grupo), faz lado direito depois faz também o lado esquerdo.

Révérence (agradecimento)

No final de cada aula é comum agradecermos, normalmente no centro, muitas vezes antecedido de um port de bras. É hora de agradecer professor, aos colegas, ao pianista (se tiver um) e aula termina com os alunos aplaudindo! Tradicionalmente! Por favor: não deixem isso se perder!

Relaxamento

Nem sempre tem, mas quando dá tempo incluem exercícios lentos, alongamentos, massagens, tudo com intenção de corpo e mente se recuperem. O professor decide se terá ou não relaxamento na sua aula.

Leia também:
Quanto tempo ficamos em cada parte da aula de ballet?

Consciência espacial na aula de Ballet