Vamos falar sobre nutrição e ballet fitness?

Olá bailarinos, espero que estejam todos bem! Como vão os preparativos para o festival? Espero que vocês estejam se alimentando bem hein!

Hoje eu quero falar um pouco sobre a modalidade que está super em alta no momento, que é o ballet fitness. Eu comecei a praticar faz pouco tempo (claro que ainda mantenho as minhas aulas de clássico, que é a minha paixão), mas devo confessar que gostei muito do ballet fitness. É uma aula bem puxada, tem um ritmo totalmente diferente daquilo que fazemos na aula de ballet clássico.

Tem muita gente voltando a praticar ballet por meio do ballet fitness. E, principalmente, porque ele tem sido associado ao emagrecimento, tonificação muscular, diminuição de massa magra. Mas, será que é verdade?

O que se diz por aí é que uma aula de ballet fitness promete uma queima calórica de até 1500 kcal, mas não tem nada cientificamente comprovado. E eu, particularmente, acho essa informação exagerada. Acredito que o gasto deva ficar em 600 a 800 kcal, o que é bastante. Com isso, se a pessoa mantiver uma alimentação adequada é possível o emagrecimento sim.

Parece que o maior benefício do ballet fitness é que, por ser uma atividade que envolve todo o corpo, mesclando exercícios aeróbicos com anaeróbicos, tais como nas modalidades de treinos intervalados (HIIT) e crossfit, promove uma maior oxidação de gorduras e por isso deixa o corpo mais sequinho e definido mais rapidamente do que o ballet tradicional.

Além disso, a pratica desse tipo de treinamento eleva o metabolismo, aumentando o gasto calórico, que se mantem mais elevado mesmo depois que a aula termina. Isso também é uma grande vantagem para o controle do peso e o emagrecimento.
Em um prazo mais longo, o aumento da massa magra promovido pelos exercícios resistidos também manterão o metabolismo mais acelerado, uma vez que músculo gasta mais energia do que gordura. Então, os resultados aparecem na balança, na diminuição de medidas e visualmente em um corpo muito mais definido.

Para você aproveitar os benefícios do ballet fitness, precisa ter uma nutrição adequada. As refeições pré e pós treino de ballet fitness requerem cuidados semelhantes àqueles que praticam musculação, ou seja, carboidratos e proteínas na medida certa e também o equilíbrio alimentar ao longo do dia.

Então, fica da dica: antes da aula de ballet fitness, procure consumir algo como um iogurte com granola ou banana com aveia (linhaça ou semente de chia) ou uma salada de frutas também com algum farelo. Depois da aula, invista em pão integral com alguma fonte de proteína (ovo, frango, carne, atum, etc.) ou torrada integral com queijo branco e suco de frutas natural e de preferência sem açúcar. Vitaminas de frutas preparadas com leite desnatado ou semidesnatado e farinha de linhaça, quinoa ou chia também são ótimas opções.

Gostou? Compartilhe com outros bailarinos!

Comentários

  1. Eu estou fazendo o ballet fitness e o clássico tbm!
    muito bom estar nesse mundo...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico

FALE COM O MUNDO BAILARINÍSTICO

Nome

E-mail *

Mensagem *