A Bailarina - O Filme

A animação "A Bailarina" chega aos cinemas de todo o Brasil e promete despertar o sonho de ser bailarina em muitas meninas e aos profissionais de dança, fica a missão de esclarecer o que é realidade bailarinística e o que é "faz de conta". O meu post de hoje reúne: sinopse, uma mini cobertura do lançamento, pré estreia em São Paulo; curiosidades e esclarecimentos de alguns pontos bailarinísticos importantes que precisam ser realçados.

Produzido em L'Atelier Animation em Montreal, Canadá e distribuído pela Paris Filmes, A Bailarina gerou uma expectativa entre todos os bailarinos. Eba! Um filme bailarinístico é sempre muito bem-vindo, afinal, acabam inspirando e aumentando o interesse das pessoas pelo nosso segmento e quanto mais gente estiver querendo bailarinar, melhor!

SINOPSE



Felicie, uma sonhadora menina órfã, apaixonada por dança, toma uma atitude arriscada, mas corajosa, de fugir do orfanato para Paris com seu amigo Victor, para realizar os seus sonhos: ele de ser um grande inventor e ela de ser uma linda bailarina! Com nenhuma técnica, mas grande determinação, e com a ajuda de Odette e Victor, Félicie enfrenta muitos fracassos e desafios. Ela tem a coragem de seguir sua paixão e trabalha duro para transformar seus sonhos em realidade.

Trailer:

Duração: 1h 30min
Direção: Eric Summer, Eric Warin
Gênero Animação
Dublagem Felice: Mel Maia
Embaixadora do Filme: Claudia Mota

Um filme que não só homenageia as bailarinas, mas também a mais antiga companhia de ballet do mundo, a Ópera de Paris.

Pré-Lançamento em São Paulo

Tive a oportunidade de ir em 2 eventos de pré-lançamento do Filme em São Paulo.

No primeiro dia...
Fui até à Paris Filmes assistir ao filme na Cabine de lá numa sessão especial para alguns convidado se pessoas que trabalham com dança por aqui. Foi a primeira vez que a Claudia Mota, bailarina e embaixadora do filme assistiu. Ficou todo mundo muito emocionado com o filme.

Todos os convidados

Eeeeeeu

Eu e a Milena do Blog Tutu4Love

Eu e o Tarcisio do site Agenda de Dança

Eu e a Claudia Mota, bailarina, embaixadora do filme no Brasil

Para mim o momento mais emocionante é o momento em que a Felicie responde à pergunta chave "Porque você dança?" que tenho certeza, que todos nós nos perguntaremos internamente depois que de ver o filme.

No segundo dia...

Já a Pré-Estreia que aconteceu no Cinemark do Shopping Cidade Jardim em São Paulo, tivemos pequenas aulas com a Claudia Mota dentro da loja Repetto Paris <3. O evento contou também com a presença de convidados bailarinísticos, a ilustre presença da Ana Botafogo.
Loja Repetto Paris Shopping Cidade Jardim

Eu e Ana Botafogo

Todos os convidados

Euuuuuuu e o Victor ;)

Ganhamos Pic-Me e Case da Memo

E teve também uma exposição de alguns figurinos da Claudia Mota na entrada do cinema.

Eu e Claudia Mota

Exposição dos figurinos

Neste dia vimos o filme em 3D, que aumenta a emoção e nos dá a sensação de dançar junto e passear pelas ruas da antiga Paris.

Esclarecimentos Bailarinísticos

Aurélie Dupont
Apesar do filme ter contado com Aurélie Dupont e Jérémie Bélingard (bailarinos do Ópera de Paris), nas sequências coreográficas, alguns pontos precisam ficar claros que só acontecem em filmes!!! São trechos que não condizem com a realidade bailarinística.
São partes que eu pensei "vou precisar explicar isso para minhas alunas" então acredito que cabem ao Blog também ;)

❤ O filme passa uma mensagem muito fofa de coragem; de que quando se dança com o coração e quando se tem uma alma bailarina, tudo se torna possível, mesmo com adversidades. Porém, em um pequeno espaço de tempo a Felicie se torna bailarina, o que na vida real, mesmo com todo amor do mundo, não seria possível. Junto à essa vontade são necessários sim, muitos e muitos anos de formação.
Um (a) bailarino (a) leva geralmente pelo menos de 8 a 9 anos para se formar e mesmo após esse período continua fazendo aulas.

❤ No filme a Felicie já começa suas aulas com sapatilhas de ponta, na vida real é preciso preparo físico e técnico para começar o trabalho nas pontas.
Entre os pré-requisitos para usar sapatilha de ponta estão:  idade da bailarina; tempo de formação; preparação física para dançar na ponta: maturidade emocional para dançar na ponta... Nunca indicado para bailarinas iniciantes, como ela no filme.

❤ Felicie consegue fazer vários passos nas pontas se sapatos normais, sem estar de sapatilhas de ponta e, na vida real isso não é possível. As crianças sempre querem fazer isso e é preciso explicar para elas que não podem fazer sem estar com a sapatilha adequada.



❤ Por questões estéticas e também para evitar que tropecemos, bailarinas devem esconder todos os lacinhos de todas suas sapatilhas. Sempre ;)

❤ O treinamento que Felicie recebe é uma espécie de "KaratêKid Bailarinístico"... Na vida real, muitas vezes usamos alguns exemplos para explicar para alunos (as) a intenção de certos exercícios, mas sempre inserindo dentro do contexto técnico.

❤ Uma menina da turma de Felicie fala "ele é o maior coreógrafo, que realizou o maior número de fouéttes", masssssssssss na vida real quem realiza os fouéttes (32 e não mais de 100 como citado no filme) são somente as mulheres. Não sei se foi um erro de tradução.

❤ A Felicie está numa audição para ser corifeu. O que é ser corifeu?
É um dos cargos de uma Cia de Ballet. Na terminologia do bailado clássico, o Bailarino Corifeu é o que dança no corpo de baile mas pode também executar papéis de Solista. O Termo francês Choryphée provém do Grego e significa líder do Coro.

❤ No final, ela dança: "O quebra Nozes", no filme a cena começa no reino das neves e na história real do Ballet de Repertório não seria essa a primeira cena (acontece apenas no final do Primeiro Ato) e o figurino usado não é o de Clara.  

❤ A personagem principal dança com um coque com franja, na vida real nãooooooo!!! O coque deve estar firme, bem preso e não atrapalhar a bailarina durante os exercícios

❤ Ela dança com sapatilha de ponta vermelha. No Ballet Clássico, os seus pés têm que formar uma linha contínua com a perna. Para isso, é sugerido que as sapatilhas sejam da cor da meia.

❤ O salto citado no filme "Grand Jeté" existe, mas não é executado na maneira que aparece na animação.

OBRIGADA Paris Filmes! 

Todas as assinantes do Clube de Assinaturas Bailarinístico receberam um convite para assistir ao Filme nas caixas do mês e janeiro!

Curiosidades sobre o filme
Por Fernanda Bakker @bolsadeballet

O longa traz muitas referências sutis, e aqui estão algumas delas:

1) Uma personagem com grande destaque se chama Odette. Achou o nome familiar? Essa é uma homenagem ao Ballet de repertório mais famoso do mundo, O Lago dos Cisnes. Em sua história original, Odette é o cisne branco.

Nikola Márová

2) Na animação, Félicie foge do orfanato ao lado de seu amigo, Victor, que sonha em se tornar um inventor famoso. O fato curioso é que nesse mesmo período em que a história se passou, realmente existiu um inventor chamado Victor Tatin. Ele ficou mundialmente conhecido por criar protótipos de aeronaves. No filme, o garoto Victor também sonha em conseguir voar. Coincidência? Eu acho que não…

3) No filme, além de mostrarem a construção da famosa Torre Eiffel, também podemos ver a Estátua da Liberdade sendo erguida. Afinal, foi a França quem presenteou os Estados Unidos com este monumento, para selar a paz entre os dois países. E quem não gosta de uma referência histórica, não é mesmo?

4) O uniforme de aula da personagem Félicie é muito semelhante ao usado pelas alunas da Escola de Ballet Ópera de Paris, na vida real.



5) Se você gosta tanto de música clássica quanto de artistas atuais, não irá se decepcionar com a trilha sonora de A Bailarina, que conta com nomes como Tchaikovsky e Demi Lovato.

6) Na versão original, a personagem Camille foi dublada por Maddie Ziegler (a jovem ficou mundialmente famosa por sua dança icônica no clipe de Chandelier, da Sia, e por sua grande performance no Reality show Dance Moms). Atualmente, Maddie tem 14 anos e possui uma legião de fãs no Instagram.




Mel Maia dubla a protagonista

A emoção que atris mirim Mel Maia empresta aos seus personagens poderá ser conferido também em sua dublagem, mais que fofa! Ela que faz a voz da Felicie. Super combinou.

foto: extra.globo.com

Para compartilhar

Nas Redes Sociais da Paris Filmes e do Filme tem imagens fofas, com frases inspiradoras para compartilhar:

@parisfilmes
@abailarinaofilme





Agradecendo a Flavia Viana do Blog As Flavias pelos convites para os eventos.

Bem, acho que é isso.
Fiquemos com a mensagem de que devemos sonhar grande e nunca desistirmos dos nossos sonhos!
E também com a mensagem de que temos que dançar com nossa alma, com nosso coração.

E lembre-se sempre da frase da Odette do filme:
"Uma coisa é estar pronta, outra é estar pronta para fazer direito!"



2 comentários:

  1. Dry, amei seu post sobre o filme!! Que orgulho saber que eu despertei de alguma forma está sua paixão pelo ballet e este mundo bailarinisto, sendo sua primeira professora!! <3

    ResponderExcluir
  2. O filme possui uma boa mensagem e traços bem feitos!Chorei esse filme

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer parte do MundoBailarinístico!
Seja bem-vindo sempre!
Curta nossa FanPage: www.facebook.com/MundoBailarinistico
Siga nosso instagram: @mundobailarinistico